Abertas as inscrições para a Olimpíada Brasileira de Robótica 2017

Olimpíada Brasileira de Robótica

Evento, que tem a coordenação nacional da UFSCar, recebe inscrições até dia 20 de maio

Estão abertas as inscrições para um dos maiores eventos de robótica do país. É a Olimpíada Brasileira de Robótica - OBR 2017. Com mais de dez anos de realização, a OBR é um evento científico dividido em duas modalidades: prática e teórica. A olimpíada é totalmente gratuita e podem participar alunos matriculados em escolas de ensino fundamental, médio e técnico. A coordenação nacional desta edição é da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), recentemente avaliada como uma das melhores universidades do país.

Na modalidade teórica, os alunos não precisam ter conhecimento específico de robótica e, na primeira fase, as provas são realizadas diretamente na escola de cada estudante inscrito. As provas são elaboradas por uma comissão de professores e todas as questões demandam conteúdos do ensino fundamental e médio para resolver problemas práticos do dia a dia, a partir da robótica. Em 2016, a modalidade teórica teve mais de 110 mil participantes, atingindo mais de 50% dos municípios do Brasil. Cada escola que tiver estudantes inscritos, em 2017, receberá medalha de participação, além das medalhas de ouro, prata e bronze, de acordo com o desempenho de seus alunos em nível nacional.

Já a modalidade prática consiste em um desafio: considerando a simulação de um desastre natural, as equipes de até quatro alunos recebem a missão de construir um robô completamente autônomo, ou seja, sem controle remoto, capaz de navegar por um terreno acidentado, localizar vítimas e resgatá-las. Os inscritos na modalidade prática deverão participar de eventos regionais e, conforme sua classificação, das etapas estaduais e da final nacional, que ocorrerá em Curitiba (PR), em novembro de 2017.

Na edição de 2017, a OBR apresenta novidades: as equipes poderão criar um diário, blog ou página no Facebook para relatar e discutir seus projetos; os diários ficarão disponíveis na página do evento (www.obr.org.br). Além disso, a modalidade prática terá desafios surpresas, o que quer dizer que tarefas especiais serão sorteadas na hora dos eventos para que as equipes façam adaptações em seus robôs.

Outra novidade é a integração da OBR com a Mostra Nacional de Robótica (MNR) em nível regional e estadual. Espera-se que ocorram mais de 50 eventos regionais e estaduais da olimpíada em todo Brasil. Todos os estados terão pelo menos um e cada evento poderá incluir também uma mostra de robótica, para jovens que participam ou não da olimpíada demonstrarem para a comunidade seus projetos de robótica, mecatrônica ou automação.

A OBR tem o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e de diversas instituições em todo Brasil. Em 2017, a coordenação geral do evento em nível nacional é feita pela UFSCar, representada por professores dos Departamentos de Engenharia Mecânica (DEMec) e de Engenharia Elétrica (DEE). Participam também da organização nacional o Colégio Técnico de Campinas (Cotuca-Unicamp), RoboCup, Sociedade Brasileira de Computação (SBC), Centro Universitário FEI, Universidade Federal de São João Del-Rei (UFSJ), Mostra Nacional de Robótica (MNR), Sesi-São Paulo, Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), Universidade Estadual Paulista (Unesp) e Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

As inscrições podem ser feitas até o dia 20 de maio pelo site www.obr.org.br, onde também está disponível o manual de inscrições, que esclarece todos os procedimentos.